Cerveja IPA

Você está cansado das cervejas tradicionais brasileiras? Acredita que elas são muito leves e que não possuem um sabor mais apurado, refinado e, até mesmo sofisticado? São todas muito parecidas? Então leia com atenção o presente artigo e conheça um pouco mais a respeito das cervejas IPA.

Se você ainda não experimentou esse sabor então não sabe o que está perdendo, pois ao ingerir uma dessas delícias o usuário:

  • Sente de pronto a pujança de uma cerveja IPA, feita para aqueles que gostam de sabores acentuados, especialmente amargosos.
  • Percebe que algo mudou em sua vida e que pode desejar a partir dali ter um novo estilo de vida!
  • Fica feliz ao saber que existem muitos outros sabores de cerveja e que não está mais restrito a meia dúzia de marcas nacionais.

Interessou? Então continue lendo o artigo e conheça os principais detalhes dessa cerveja que vem fazendo a cabeça de muita gente por ai.

Considerações iniciais

 A cerveja IPA não é uma marca em si, mas um conceito de fabricação de cerveja que de acordo com as tradições veio da Índia e se instalou fortemente em algumas fábricas artesanais da Inglaterra e Estados Unidos.

Logo a cerveja IPA conquistou um público diferenciado e que sabe o que quer, desejando sempre um algo a mais em sua bebida, ou seja, um sabor forte e refinado que fosse além das perspectivas das cervejas tradicionais.

Para ser uma cerveja IPA o que é necessário? 

Cerveja IPA deliciosa

Para que uma cerveja possa ser considerada uma genuína IPA, tal bebida precisa seguir as características que tornaram a IPA popular, especialmente o sabor extremamente forte, encorpado e com uma concentração de lúpulo bem maior do que aquelas que encontramos nas cervejas tradicionais.

Vale lembrar que existem inúmeras marcas de cerveja IPA, cada qual com sua característica básica, até porque utilizam processos e lúpulo diferentes, mas jamais podem perder o seu conceito de ser uma cerveja não para iniciantes, forte e decidida!

Quais os tipos de cerveja IPA que podemos encontrar? 

Como dissemos existem hoje várias marcas no mercado e algumas menos expressivas em países cujas fábricas artesanais não a divulgam. Em todo o caso podemos destacar as seguintes cervejas IPA:

  • Cerveja IPA white: é bem clarinha, pouco lembra a coloração de uma cerveja, certamente é a mais clara, mantendo o amargor e lá no fundo um toque cítrico.
  • Cerveja IPA black: é a mais escura de todas as cervejas IPA, possui um teor bastante elevado de lúpulo e é extremamente amarga.
  • Cerveja IPA red: bem mais suave que a black, com tonalidade em rubi.
  • Belgina IPA: uma bebida hibrida entre a American IPA e a forma tradicional de fabricar uma cerveja na Bélgica.
  • Imperial IPA: É a mais amarga de todas e com um teor alcoólico bem grande, não recomendada para iniciantes.
  • Session IPA: Ao contrário da imperial IPA só tem 5% de teor alcoólico e mais suave que as demais, sem perder o amargor.
  • English IPA: produzida na Inglaterra, procura ter um cuidado maior no equilíbrio do malte.
  • American IPA: produzida nos EUA é bem amarga e guarda as características de sabor do seu próprio lúpulo.

Espero que tenha gostado

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *